Home
PortuguêsEnglish

Edições Anteriores

ICCyber 2012

Em breve!


ICCyber 2011

Em breve!


ICCyber 2010

Em breve!


ICCyber 2009

Pela primeira vez o nordeste brasileiro recebeu a Conferência Internacional de Perícias em Crimes Cibernéticos, que em sua sexta edição, ocorrida no Centro de Convenções de Natal-RN, procurou discutir temas e tendências na área, como cloud computing, ciberterrorismo e direito digital.

A conferência é resultado da colaboração técnica da Polícia Federal e do Federal Bureau of Investigation –FBI/USA, além de empresas e profissionais de tecnologia, computação forense, policiais e pesquisadores de todas as partes do mundo.

Estiveram inscritos aproximadamente 600 participantes, além da presença de autoridades, imprensa e outros convidados. Os países representados no evento foram Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Japão e México. Também participaram da ICCyber 2009 várias empresas que, além do patrocínio, realizaram exposição de seus produtos e serviços.

Na conferência foram proferidas palestras com expositores nacionais e internacionais (Serviço Secreto e FBI dos EUA, Polícia Montada do Canadá, Polícia Nacional do Japão, entre outros) e trilhas que trataram de temas relacionados ao Direito Digital, Combate à exploração sexual infantil, palestras técnicas, artigos científicos, sistema financeiro e casos da Polícia Federal, sendo este um dos mais procurados pelo público presente no evento.

Durante a conferência, foram apresentados os resultados de trabalhos científicos e soluções desenvolvidas por Peritos de informática da PF, que em muito contribuíram para as ações e a boa imagem da Polícia Federal no Brasil e no exterior.


ICCyber 2008

O Rio de Janeiro sediou de 24 a 26 de setembro de 2008, a V Conferência Internacional de Perícias em Crimes Cibernéticos - ICCyber 2008, considerado um dos mais importantes eventos de tecnologia e perícias em informática da América Latina. O evento aconteceu no Hotel Windsor Barra.

A conferência é resultado da colaboração técnica da Polícia Federal (SEPINF/INC/DITEC) e Federal Bureau of Investigation –FBI/USA, além de empresas e profissionais de tecnologia, computação forense, policiais e pesquisadores de todas as partes do mundo.

Estiveram inscritos aproximadamente 600 participantes, além da presença de autoridades, imprensa e outros convidados. Os países representados no evento foram Espanha, Canadá, Estados Unidos, Colômbia, México, Sérvia e Suíça. Também participaram da ICCyber 2008 várias empresas que, além do patrocínio, realizaram exposição de seus produtos e serviços.

Na conferência foram proferidas 53 palestras com expositores nacionais e internacionais (Polícia Nacional e Guarda Civil da Espanha, Serviço Secreto e FBI dos EUA, Canadá, entre outros) e trilhas que trataram de temas relacionados ao Direito Digital, Combate à exploração sexual infantil, palestras técnicas, artigos científicos, sistema financeiro e casos da Polícia Federal, sendo este um dos mais procurados pelo público presente no evento.

Durante a conferência, foram apresentados os resultados de trabalhos científicos e soluções desenvolvidas por Peritos de informática da PF, que em muito contribuíram para as ações e a boa imagem da Polícia Federal no Brasil e no exterior.

Com destaque foi apresentada a ferramenta Espiamule, desenvolvida pelo PCF Dalpian, que realiza o monitoramento inteligente em redes peer-to-peer. A ferramenta Espiamule propiciou a coleta dos dados telemáticos necessários para subsidiar a deflagração das operações Carrossel I e II, bem como a detenção de 121 pessoas em outros 75 países. Outra solução inovadora, a ferramenta experimental WMM, foi apresentada pelo PCF Galileu, no formato de artigo, escolhido pelo comitê científico como o melhor trabalho apresentado na conferência. A ferramenta experimental WMM permite extrair,durante a análise pericial, vestígios deixados pelo Windows Live Messenger em sistemas apreendidos.


ICCyber 2007

A quarta edição da ICCyber ocorreu, pela primeira vez, no estado de São Paulo. Durante os dias 26 a 28 de setembro de 2007, no Hotel Sofitel Jequitimar Guarujá, na cidade do Guarujá, por volta de 800 conferencistas assistiram a palestras e minicursos sobre temas e assuntos correlatos a perícias em crimes cibernéticos.

A edição 2007 contou com trilhas especiais sobre direito digital, sistema financeiro e telecomunicações. Essas palestras diferenciadas fizeram com que bancários, instituições financeiras, seguradoras, pesquisadores e educadores interessados em informática forense e crimes cibernéticos, profissionais da segurança da informação e de telecomunicações estivessem presentes.

Além disso, 2007 teve como diferencial a primeira palestra apresentada por videoconferência diretamente dos Estados Unidos. A tecnologia permitiu aos participantes assistirem em tempo real a apresentação e tirarem dúvidas com o palestrante.

O evento contou ainda com palestras e participações especiais da Scotland Yard/UK, FBI/USA, Polícia Federal da Austrália, Serviço Secreto dos EUA, Polícia Federal do México, Conselho de Segurança da Europa, New York Police Department, Guarda Civil da Espanha, Toronto Metropolitan Police/Canadá, Polícia Federal da Holanda e Polícia Federal do Chile.

Como já ocorre a alguns anos, simultaneamente ao ICCyber ocorreram a II Conferência Internacional de Ciência da Computação Forense (ICoFCS 2007), com sessões de artigos técnico-científicos recebidos de participantes e a I Conferência Internacional de Treinamento e Exposição do Capítulo Brasília da HTCIA (IBTCE 2007).

No dia 26 de setembro, a Direção Geral da ICCyber e seus patrocinadores ofereceram a todos os participantes e presentes ao evento um coquetel de confraternização, realizado no Vive La Vie Club, uma casa de eventos do Guarujá.


ICCyber 2006

Durante a ICCyber 2006 foram apresentadas dezenas de palestras e discutidos muitos casos práticos, possibilitando a disseminação do conhecimento e a troca de experiências entre os participantes. Mais de 700 conferencistas e profissionais dos 21 países seguintes participaram: África do Sul, Alemanha, Angola, Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra, Israel, Itália, México, Nigéria, Japão, Suíça e Uruguai.

A qualidade das palestras de palestrantes reconhecidos internacionalmente e a presença de representantes das forças da lei dos principais países, garantiram a alta qualidade técnica do evento e a troca de conhecimento e experiências da Ciência da Computação Forense.

A terceira edição da ICCyber foi realizada juntamente com a I Conferência Internacional de Ciência da Computação Forense (ICoFCS) que é considerada como a mais técnica dos aspectos científicos da Ciência da Computação Forense e funcionou como um fórum onde criminalistas, peritos, oficiais de polícia, procuradores, pesquisadores, estudantes e outros profissionais de segurança da informação que são ativamente engajados na investigação de crimes cibernéticos podem publicar e exibir seus trabalhos e pesquisas. (veja os procedimentos do ICoFCS 2006).

Durante a Conferencia a Polícia Federal lançou a Revista Internacional de Computação Forense - The International Journal of Forensic Computer Science (IJoFCS), dedicada a publicação de artigos originais, comentários e revisões nas várias áreas da Computação Científica Forense. O objetivo da Revista é atingir um balanço editorial entre técnica, teoria, prática e comentários, servindo como um novo meio para a comunidade científica internacional, centros de pesquisa, agências de polícia e departamentos técnico/científicos de agências responsáveis pelos procedimentos cibernéticos. A revista promove acesso aberto e imediato ao seu conteúdo partindo do princípio de que deixar os relatórios de pesquisa disponíveis ao público amplia a troca global de conhecimento. Para acessar a revista, visite www.IJoFCS.org.

Publicações:

ICCyber 2006 Proceedings
ICoFCS 2006 Proceedings
The International Journal of Forensic Computer Science (IJoFCS)


ICCyber 2005

A ICCyber 2005 foi focada nos desenvolvimentos recentes e pesquisas em ataques de BotNet. O evento incluiu discussões sobre legislação de crimes cibernéticos, spam, terrorismo cibernético e cooperação policial internacional.


ICCyber 2004

A ICCyber 2004 foi realizada em Brasília, de 13 a 17 de setembro de 2004. Foi inaugurada com a presença de autoridades e de 600 conferencistas de todo o mundo (Angola, Argentina, Austrália, Brasil, Chile, China, Costa Rica, Espanha, Estado Unidos, França, Israel, Japão, Lituânia, México, Nigéria, Peru, Suíça, Reino Unido, Uruguai e Venezuela). A conferência contou com diversos palestrantes convidados de agencias especializadas no combate aos crimes cibernéticos incluindo a “Hi-Tech Crime Unit” do Reino Unido, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, FBI, US Home Land Security, Polícia Federal da Austrália, Polícia Federal do México, Polícia Federal do Chile e da Guarda Civil da Espanha.

Design: Fábrica de Criação • Copyright © 2013: ABCF e APCF